quarta-feira, 19 de junho de 2013

As Grandes Navegações - Idade Moderna


As mercadorias orientais, conhecidas como especiarias (sedas, porcelanas e condimentos, como pimenta e canela), possuíam extrema importância econômica. As rotas das especiarias, feitas através do Mar Mediterrâneo, eram de monopólio de cidades italianas, como Gênova e Veneza. As especiarias oferecidas pelos árabes passavam por diversos portos e intermediários, deixando os preços altíssimos. Assim, os europeus dependiam dos comerciantes italianos para comprarem as especiarias por preços menores.
Era preciso descobrir novas rotas para que a Europa se livrasse da supremacia árabe e italiana.

5 comentários:

  1. Adorei!Ótimo trabalho.Continuem assim. :)

    ResponderExcluir
  2. gostei muito! Obrigado, tinha que fazer um trabalho para amanhã. Muito obrigado! :-)

    ResponderExcluir
  3. legal tinha um trabalho para fazer e quebrou meu galho

    ResponderExcluir
  4. Excelente trabalho, parabéns! Tenho utilizado-os em minhas aulas. Gostaria apenas de observar sobre a grafia dos números romanos, sem os traços horizontais acima e abaixo interligando os números. Agradeço sua contribuição e criatividade, práticas e estratégias novas motivam o estudo e o aprendizado.

    ResponderExcluir
  5. dica de como posso criar uma historia em quadrinho utilizando historia geografia filosofia e sociologia as grandes navegaçoes

    ResponderExcluir